GAVETA

FERNANDO & SOROCABA

Quando a praia se esquecer do mar
E o mar desistir das ondas
As ondas vão se acalmar
E aos poucos vão deixar a prancha
Nesse dia eu vou te esquecer
Quando a prancha esquecer dos pés
E os pés não deixarem pegadas
Pegadas não serão vestígios
De alguém que cruzou nossa estrada
Nesse dia eu vou te esquecer

Tá duvidando, é? cuidado
Que eu te esqueço e você cai do cavalo
Tá se achando é? aproveita
Que um dia eu te esqueço na gaveta
Que um dia eu te esqueço na gaveta

Quando a lua se esquecer do sol
O sol não der chance pra sombra
E a sombra deixar o coqueiro
Bem onde a rede balança
Nesse dia eu vou te esquecer

Quando a rede se esquecer da bola
A bola que o goleiro não alcança
O grito esquecer do gol
o gol parar bem na garganta
Esse dia eu vou te esquecer

Tá duvidando, é? cuidado
Que eu te esqueço e você cai do cavalo
Tá se achando é? aproveita
Que um dia eu te esqueço na gaveta
Que um dia eu te esqueço na gaveta